A GRANDEZA DE SERVIR NOSSOS LIDERADOS

Mariano B. Marques

Por que nós líderes geralmente temos dificuldade em servir nossos liderados?

Penso que essa dificuldade decorre do nosso paradigma básico sobre liderança. Historicamente, em quase todas as culturas, o líder é aquele que manda nos demais e é servido por eles. Vemos isso na organização social e política de povos primitivos e nos impérios e reinados antigos onde os imperadores e reis eram a única lei e gozavam de soberania absoluta sobre todos os seus súditos.

Se o nosso paradigma, ou seja, a nossa referência interior de liderança é copiado das estruturas do poder político ou religioso histórico,  ao sermos investidos na liderança no reino de Deus reproduzimos naturalmente esse modelo.

A leitura cuidadosa dos evangelhos e das epístolas mostrará com absoluta clareza que não era esse o modelo ensinado por Jesus e seus apóstolos.  Pelo contrário, aquele que lidera deve servir os liderados.

Parece que a maioria de nós, líderes cristãos, não   se preocupa em entender os princípios da liderança de Jesus. E muito menos de praticá-los. Até mesmo porque imitar o Mestre na sua liderança não massageia e nem eleva o nosso ego. Pelo contrário, o humilha.

É  comum  a  preferência por  copiar o modelo histórico de liderança   segundo o qual  aquele que lidera exerce poder sobre os liderados.

Pela perspectiva humanista, a liderança representa para nós a posição privilegiada de sermos respeitados e servidos, de mandar, ditar ordens. E é exatamente  isso o que temos em muitas das nossas igrejas e denominações,  ou seja, uma estrutura centralizada no líder na qual o seu poder é  absoluto, ou quase.

O que temos em Atos capítulo 6, na escolha dos primeiros diáconos, é a organização de uma estrutura para servir a comunidade dos crentes e viabilizar a tarefa da pregação do evangelho. Entretanto, no decorrer do tempo, essa  estrutura de serviço foi corrompida e transformada numa estrutura de poder inspirada no modelo dos imperadores romanos.

No ensino se Jesus e seus apóstolos, o líder faz-se servo de todos. Sua missão mais elevada é servir os liderados, não porque é o servo, mas porque é o líder. No ensino do divino Mestre, a missão suprema do líder é servir os liderados. Isso pode ser  chocante, mas essa é a perspectiva de liderança no reino de Deus.

No entanto, para  servir nossos liderados precisamos, no nosso íntimo, abrir mão do poder, mas não da autoridade.  Foi isso o que Jesus ilustrou quando, tomando uma toalha, lavou os pés dos discípulos e os enxugou. Sendo ele o Mestre e o Senhor, colocou-se espontaneamente na posição de servo, embora não o fosse. E fez isso sem abrir mão da sua autoridade sobre os discípulos. Uma autoridade que não se fundamentava no exercício do poder, mas, sim, no servir sendo ele o Mestre e o Senhor deles.

Foi na convivência diária com o seu grupo de liderados que Jesus foi se revelando  e estes o foram descobrindo como o Messias, o Filho de Deus. Sua vida cheia da graça divina, seu espírito de santidade, sua submissão e amor incondicionais ao Pai, seus ensinamentos e seu relacionamento diário com eles exerceram  uma influência poderosa e duradoura.

Enquanto a autoridade do chefe é decorrente do cargo e da norma impositiva,   a autoridade do líder  é construída.

Tanto a  autoridade quanto a respeitabilidade do líder são consolidadas ao longo do tempo  mediante o exemplo que inspira,  relacionamento pessoal significativo, comprometimento e serviço aos liderados.

Por um lado, a autoridade espiritual autêntica do líder, pelo ponto de vista do Novo Testamento, é  de origem divina. Mas, por outro, são os liderados que, tanto individual quanto coletivamente expressam de maneira visível a aceitação da liderança e da autoridade do líder. E isso acontece quando eles reconhecem, aceitam, se submetem de boa vontade à liderança desse líder.

No ensino de Jesus e dos apóstolos, a autoridade do líder não é originária do poder, nem do cargo. Ela resulta naturalmente da influência, da inspiração e da confiança que o líder passa para os liderados pela coerência entre o seu ensino e o seu exemplo de vida. No entanto, pode ocorrer que líderes levantados por Deus sobre um grupo ou comunidade sejam rejeitados por seus liderados.

Quando Deus nos chama para a liderança no seu reino, ele não está nos chamando para o trono. Ele está nos chamando para a cruz com o propósito de morrermos com Cristo para o nosso ego e  viver e realizar em Cristo para Ele.    Portanto,  ao invés de nos entregar o  cetro para reinarmos sobre nossos liderados,  ele nos entrega a bacia d’água e a toalha para lavar-lhes os pés o enxugá-los.  Esta é a maior lição de liderança que o Mestre nos ensina com as suas palavras e seu exemplo. Feliz o líder cristão que aprendeu essa lição do Mestre, a pratica e ensina a outros.

Na  liderança de Jesus, servir  é o grau mais elevado da liderança. Portanto, peça a Deus todos os dias que lhe ensine a servir de boa vontade as pessoas que você lidera: cônjuge, filhos, o pessoal da sua equipe e outras pessoas que estão na sua área de influência.  E também a servir  aquelas pessoas que lideram você, seja na família, na igreja ou na empresa. É assim que aprendemos a liderar para Deus.

Para ser servido na liderança, o líder não precisa possuir grandeza interior. Até o mais medíocre deles estará pronto para receber esse privilégio. Mas, para servir seus liderados, o líder precisa possuir grandeza interior. Somente os gigantes de espírito e de mente estarão dispostos a servir de boa vontade seus liderados.

Deus abençoe você.

­­­­­­­­­__________________

Por favor, continue rolando a página  até o final dos comentários e faça também o seu. Também, deixe suas sugestões para melhorar o blog, se desejar.

 

 

 

Anúncios

12 respostas em “A GRANDEZA DE SERVIR NOSSOS LIDERADOS

  1. Caríssimo amigo Pr Mariano, excelente e edificante texto. Quando comecei minha caminhada com Cristã, tive muita dificuldade de diferenciar: liderança secular da liderança Cristã.
    Ex:Na liderança empresarial, quando o funcionário chega atrasado muitos patrões dão advertência, sem saber quais as causas do atraso. Quando comecei o frequentar os cultos, ficava horrorizada em ver que dos retardatários entrarem sem nenhuma repreensão. Um dia foi reclamar para o pastor, ele sorrir e disse: Minha irmã, graças a DEUS que eles vieram mesmo que atrasados,o importante e que venham. Precisamos aprender com os exemplos que JESUS nos deixou. Agradeço muito a DEUS pela sua vida e pela sua paciência e amor que teve comigo. Muito grata pela excelente leitura.

    Curtir

    • Jovanira, que bom que vc leu o artigo e comentou. Isso ajuda muito o escritor e encoraja. Na verdade, quando o livro O Monge e o Executivo, de James Hunter, foi publicado no Brasil, tornou-se um best seller e de leitura quase obrigatória para executivos das empresas brasileiras ou multinacionais com sucursal no Brasil. O pessoal queria aplicar, em suas empresas, o princípio de líder-servidor, apresentado por Hunter, achando que se tratava de um conceito novo de liderança no mundo corporativo. Mas o que Hunter fez foi uma interpretação do modelo de liderança de Cristo aplicado à liderança moderna.
      Portanto, nada de novo pelo ponto de vista bíblico. Muitas empresas mudaram seu conceito de liderança a partir desse princípio de liderança servidora. É fantástico como o modelo de liderança de Cristo tem influenciado profundamente o modelo de liderança em muitas empresas ao redor do mundo.
      Sou eu quem lhe agradece pelo muito que me ensinou em matéria de vendas e liderança. Vc é uma referência de líder pra mim. E me enriqueceu muiiito! Obrigadão minha mestra. Abração.

      Curtir

  2. Caro Pr. Mariano,
    Quando eu tinha 8 anos, você já era mestre… Se eu fosse piradinho, diria que agora você é o meu guru; se eu fosse moderninho, que era o o meu master coach; como eu sou apenas um simples discípulo do Mestre me esforçando para não ser servo inútil, direi que você é o meu irmão mais graduado, que tem muitas lições a me ensinar, um mestre a serviço do Mestre!
    Um grande abraço do amigo de sempre,
    Pr. Benjamin de Souza

    Curtir

  3. Olá meu querido irmão amado por Cristo e por nós,Graça e Paz.
    Quanto ao seu Tema:A grandeza de Servir nossos Liderados.
    É um tema inquietante e confrontador a todos aqueles que estão inseridos no corpo de Cristo Jesus.(sua querida ígreja)
    É impresionante como nós ainda temos tanta dificuldades de internalizar os princípios da palavra de Deus que estão tão claros nas escrituras sagradas.
    A pergunta: Por que Jesus desenvolveu uma Liderança inspiradora e mesmo assim os homens tem dificuldades para assimilar?
    Penso que uma das respostas é a CONVIÇCÃO que ele tinha de sua origem em Deus,de onde tinha vindo e para onde estava voltando,quando aqui esteve literalmente.
    Pois o Pai deixou muito claro sua importância para ele quando disse:
    Este é o meu Filho amado,em quem me comprazo.(Mt 3 17)
    Quem tem CONVIÇCÃO plena do Amor do Pai e aliado a isso o despreendimento de cumprir a vontade deste Pai maravilhoso,entende que quem serve os irmãos está servindo ao Pai literalmente.
    Quem está entranhado no amor do Pai,quer agrada-lo em todo tempo.
    Quando perdemos essa perspectiva o que nos resta é o Egoismo, manipulação barata e interesses mesquinhos e carnais.
    Pr Wilson.

    Curtir

    • Você está coberto de razão, estimado Pr Wilson. Jesus era livre para servir seus liderados que tinha plena consciência da sua identidade: “Tu és meu Filho amado, em quem me comprazo”, como vc citou de Mt 3.17. Obrigado pelo seu precioso comentário. Muito pertinente. Grande abraço.

      Curtir

  4. Professor Mariano,
    Fui edificado pela leitura desse texto. Que o Senhor me faça capaz de servir com lealdade e amor aqueles que Ele colocou sob minha liderança.

    Curtir

DEIXE UM COMENTÁRIO SOBRE O POST QUE VOCÊ VISITOU

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s